E finalmente, sem mais delongas e sem taxas adicionais, eis a maneira mais fácil de encontrar patrocinadores de projetos de Lei Rouanet. Atendendo aos incontroláveis e desesperados pedidos da galera que participou do meu último hangout, vou desenhar certinho como encontrar todos os patrocinadores que já patrocinaram algum projeto de Lei Rouanet nos últimos anos em qualquer lugar do Brasil.

map

Mais fácil do que empurrar minhoca na descida

É claro, isso não é nenhuma garantia de que sejam patrocinadores em potencial para futuros projetos. A verba de Lei Rouanet depende de Imposto de Renda, o que depende do lucro das empresas portanto, se no próximo ano a empresa não tiver lucro, não tem Rouanet. Além disso, cada empresa tem uma política para sua verba de projetos de leis de incentivo e essa política pode mudar conforme diretores mudam de cargos.

Mas, é sempre bom saber por onde começar, certo?

Então, sem mais blá, blá, blá, vamos encontrar os nossos patrocinadores:

1. Acesse www.cultura.gov.br (ó, até linkei para você). Esta é a tela que você verá (mas preste atenção porque esse banner principal sempre muda, mas o resto fica sempre no mesmo lugar). [clique nas imagens para ampliar!]

Web

 

2. Preste atenção nesses quatro ícones no canto direito do banner principal. O segundo de cima para baixo é o que  você utilizaria para inscrever um projeto na Rouanet (chama-se Salic Web). O terceiro é o de buscas de projetos já inscritos (chama-se Salic Net – diferentão, né?). Clica aí no ícone coloridinho.

Web

 

3. Clicando lá, esta é a tela que você terá acesso. Em cima à esquerda, abaixo da barra de endereços, haverá a barra do sistema deles, com as opções: Início, Projetos, Proponentes, Incentivadores e Comparativos. Passe o mouse sobre “Projetos” e clique na primeira opção, que é “Dados Básicos” (calma, mais para frente neste artigo a gente pode explorar o menu “Incentivadores”).

Web

 

4. Pronto, outra tela. Aqui você terá a oportunidade de pesquisar qualquer projeto já realizado ou ainda em execução pela Lei Rouanet em todo o Brasil. Bacana, não? Para pesquisar, você tem algumas opções. Como estou supondo que você não tenha acesso ainda a nenhuma informação de nenhum projeto aprovado (tal como o código do projeto ou os dados do proponente), usemos o campo “Nome do Projeto”.

Web

 

5. Ao digitar uma palavra qualquer neste campo, imediatamente em muitos segundos, o site fará uma sugestão de projetos que contenham aquela palavra. Neste caso, vamos visitar o projeto da vinda do Cirque Du Soleil para o Brasil. Eu digitei “cirque” e o site abriu todas essas opções que você pode visualizar abaixo.

Web

 

6. Selecionando o projeto que você escolheu, basta clicar ok e…

Web

 

7. BUM! Temos em mãos a ficha corrida do projeto. No primeiro campo (letra A), está a identificação do projeto. Ele possui um código. O proponente é a T4F Entretenimento SA e ali está também o CNPJ da empresa. No próximo campo (letra B) estão as informações da realização do projeto, inclusive qual o artigo no qual foi enquadrado. Próximo, de letra C, a última movimentação do processo desse projeto. Por exemplo, neste projeto, em dezembro de 2013 a prestação de contas foi aprovada. No campo abaixo (D) um resumo do projeto no próximo campo temos qual o valor que o proponente pediu ao Ministério da Cultura (letra E), qual o valor que o projeto foi efetivamente aprovado (letra F) e, finalmente, qual o valor total que ele recebeu (letra G). Notem que o projeto teve captação quaaaaase integral, faltou só R$ 50 mil. Tudo o que está grifado em azul é um link, que, clicando, te conduzirá a uma outra tela. Se você clicar no valor apoiado (letra G) a próxima tela será…

Web

 

8. TCHARAM!!! A lista de quem patrocinou cada centavo dos R$ 9.351.971,46 que a T4F captou para trazer o Cirque Du Soleil para o Brasil. E, assim como na tela anterior, os valores e os CNPJs das empresas são links. Os valores linkam para a data do patrocínio, o que não é tão interessante, porém, ao clicar no CPNJ de alguma dessas empresas, como por exemplo a Bradesco Leasing S. A. (que é a segunda empresa da lista de cima para baixo)…

Web

 

 

 

9. Você acessa o telefone e endereço da empresa! Aêêêêêêêêêêêê!!!

endereço da empresa-01

 

Como você vai se aventurar pela captação de recursos, é sempre bom lembrar de que esse endereço deve ser de uma certa grande sede corporativa com algumas centenas de funcionários e que esse telefone deve ser da recepção, a partir da qual você vai ter que se virar para descobrir quem é ou são os responsáveis que tomam a decisão de patrocinar projetos de leis de incentivo. E lembre-se: faça a barba, vista um terno, maquiagem leve e saltinho baixo porque a empresa patrocinadora vai querer lidar com alguém que saiba cuidar de um volume grande de dinheiro, mas não necessariamente gostaria de saber que seu projeto sofreu influências desse ou daquele artista. Executivo gosta de fazer negócio com executivo, então caprichem no figurino.

“Ah, mas Felipe, eu estou com uma preguicinha de ir até São Paulo…”, você me diz. Vamos lá, vida mansa, vou mostrar agora outra função bacana para chuchu desse site.

 

10. Voltando à tela inicial do Salic Net (passo 3 deste artigo), ao invés de pesquisar pelo projeto, você pode acessar já direto quais são os patrocinadores. Ao invés de utilizar o “Projetos” no menu, passe o mouse sobre “Incentivadores” e clique na segunda opção (aquela que tem o Município).telanova1-01

 

11.Preencha com a cidade que você tem interesse e um ano recente (porque não faz sentido saber os patrocinadores de 2001; essa informação, afinal de contas, caduca)… telanova 2-01

 

12. et voilá! Todo mundo que patrocinou qualquer coisa pela Rouanet em 2014 em Belo Horizonte. Com direito ao nome completo, o número do projeto que patrocinou, o nome do projeto, o segmento e o valor do incentivo. E nesta tela aparece também o valor movimentado no ano todo: R$ 68 milhões e uns quebrados. Nestas setas brancas aparece a navegação das telas. Clicando para a direita você terá acesso à todos os nomes.

telanova 3-01

 

Agora você está de posse do mapa da mina. Tenha uma boa escavação, doutor(a)!poster-cartaz-indiana-jones-2-14293-MLB140252912_4709-O

 

 

 

 

Comentários

comments